Qual o seu
problema?
11 98777-0621
Qual o seu problema?

De seg. à sex. das 9h às 19h
Sábado das 9h às 13h.

Passo a Passo da Cirurgia

O Procedimento

Área Doadora

Administrada a sedação e anestesia local, a área doadora é preparada para ser removida, ou seja, o processo é indolor.

A retirada da área doadora consiste na remoção de uma faixa de cabelo, da área posterior e nas laterais do couro cabeludo, onde o cabelo é mais resistente à calvície de modo que todos os cabelos nesta área podem ser removidos e transplantados, pois não sofrem a ação do hormônio DHT (um metabólito da testosterona, o maior hormônio masculino circulante), e mesmo transferidas para a região receptora, mantém a sua genética, ou seja, os cabelos transplantados não caem mais e continuam grossos com o passar do tempo.

Através da técnica de transplante de unidades foliculares podemos remover uma área maior, cobrindo e tratando mesmo calvícies mais avançadas. Nosso objetivo é colocar o maior número possível de fios por sessão. Removemos uma faixa que pode ter entre 25 a 32 centímetros de extensão por até 2,0 centímetros de largura, a depender da elasticidade dessa região, que varia de paciente para paciente.

Concluída a remoção da área doadora (faixa de couro cabeludo de onde serão retiradas as unidades foliculares), a peça é colocada em solução com baixa temperatura para sua preservação e a seguir inicia-se preparação dos “slivers” (pequena faixa de corte transversal da área doadora), onde as unidades foliculares são melhor visualizadas, para a sua lapidação.

Cicatriz

A cicatriz que permanece na área doadora é discreta, pois utilizamos a técnica de Sutura Tricofítica, minimizando a linha, deixando-a imperceptível, pois o cabelos cobrem a região. Através dessa técnica, os fios crescem inclusive sobre a área da cicatriz, que se torna visível apenas ao se raspar totalmente a cabeça, pois tem largura média de apenas 2 milímetros. Não utilizamos curativos ou bandagens na área doadora, para sua melhor cicatrização.

Na CLINICA BLOCH, oferecemos o serviço de preparação para a área doadora, que consiste em sessões de massagem para que a área doadora se torne mais elástica, e "solta". Com isso, se consegue retirar uma faixa de cabelos maior e por consequência transplantar mais fios de cabelo, além de se conseguir uma cicatrização melhor por diminuição da tensão na área doadora.

Além disso, para os pacientes que apresentam baixa elasticidade além do preparo da área doadora através de massagens, utilizamos ainda no pré-operatório um protocolo de aplicação de uma enzima que ajuda a aumentar a elasticidade da região occipital pouco antes da cirurgia quando indicado.

Com isso, conseguimos realizar mega ou gigassessões, ou seja, cirurgias em que conseguimos colocar até mais do que 10 mil fios, a depender da área doadora do paciente.

Preparação dos “slivers”

Todo o processo é realizado com o auxilio de microscópios 3D especiais, que permitem visão em 3 dimensões, além de equipe treinada e experiente. Com o uso de microscópios consegue-se aproveitar até 20-30% mais de fios do que conseguia antigamente, quando a cirurgia era realizada a olho nu ou com auxílio de lupas simples.

Contamos com equipe de até 8 profissionais, durante todo o procedimento, com duração de 6 a 8 horas. Após o corte para obtenção das unidades foliculares, elas são devidamente armazenadas em ambiente adequado e baixa temperatura para sua colocação na área receptora.

Preparação de colocação - Etapa 2 Aspecto das unidades foliculares

Preparação das Unidades Foliculares

As unidades foliculares (UFs) do couro cabeludo, crescem em feixes de 1-3 fios de cabelos. As unidades vistas na superfície parecem um pequeno grupo de cabelos crescendo juntos. Para melhor visualização das estruturas formadas na pele, utilizamos microscópios estereoscópios, facilitando a preparação das unidades a serem implantadas.

Preparação das Unidades Foliculares

Após a remoção da ÁREA DOADORA, a faixa de couro cabeludo é entregue à equipe de técnicas cirúrgicas que inicia o preparo das unidades foliculares, de 1 a 3 fios em microscópio chamada de stereodissecção microscópica, para visualizar melhor o tecido doador. As peças são mantidas em solução preservadora, em temperatura adequada.

Utilizamos umidificador de ambientes para manter a boa qualidade do ar e evitar que os fios possam secar. O processo de preparo e conservação adequada das unidades foliculares é indispensável para o sucesso do Transplante Capilar. Nós da Clínica Bloch somos muito exigentes e metódicos com relação a todo esse processo, em que detalhes podem fazer a diferença.

A área doadora inicialmente é cortada em pequenas tiras para melhor visualização das unidades foliculares que serão subsequentemente divididas em unidades foliculares e cada uma será mantida em solução resfriada adequada para sua preservação. A seguir, as unidades foliculares são lapidadas seguindo seus contornos em formato de gota, habilidade adquirida com a experiência e prática da nossa equipe altamente treinada para o processo, evitando assim lesões e cortes, o que significa que conseguimos transplantar mais fios.

A precisão é um fator de extrema importância neste processo, para manter a qualidade das unidades foliculares. Após o adequado preparo das unidades foliculares, iniciamos a transferência para a REGIÃO RECEPTORA.

Área Receptora

É a área calva a ser tratada, onde são transplantadas as unidades foliculares. Trata-se de procedimento minimamente invasivo, com breve período de recuperação e raríssimas complicações. No entanto, é necessária visão clinica, experiência e habilidade por parte do cirurgião. Na preparação da Área Receptora, é aplicado anestésico. A área receptora é pré-definida em conjunto: cirurgião e paciente, devemos levar em consideração quais são as prioridades para o paciente também Utilizamos a técnica do stick-and-place, onde o cirurgião principal faz as incisões e conta com ajuda de uma assistente que

Preparação das Unidades Foliculares delicadamente implanta a unidade folicular. Nesse processo são feita as incisões com um instrumento pontiagudo, que varia seu tamanho de 0.6mm a 0,9 milímetros, seguindo a angulação natural do cabelo. A perfeita harmonia determina o resultado final estético e natural do transplante e também a distribuição e densidade dos fios. Em resumo, a habilidade e o aspecto crítico e artístico na cirurgia, determinam a qualidade do resultado final do Transplante Capilar.

NO MICROTRANSPLANTE FOLICULAR de alta densidade, o principal objetivo é a naturalidade. Para tanto, deve-se respeitar as características naturais do cabelo, como ANGULAÇÃO e DIREÇÃO do crescimento dos fios, mantendo assim as variações de densidade e volume das diferentes regiões do couro cabeludo.

A angulação e posicionamento corretos permitem o perfeito direcionamento para o posterior crescimento dos fios. A angulação varia de acordo com o local. Os cabelos da frente e de cima da cabeça em geral crescem direcionados para frente, e quando vamos fazer a restauração capilar no local respeitamos a mesma angulação já existente, de modo a garantir penteabilidade, ou seja, o paciente pode voltar a pentear os cabelos da mesma maneira que fazia anteriormente.

Como os fios são colocados com o máximo de densidade, se obtém uma densidade cosmética, ou seja, após o resultado final da cirurgia já não se consegue mais visualizar por transparência o couro cabeludo, o que em última instância define a percepção de se deixar de ser calvo.

Como se trata de um processo bastante delicado e que não deixa marcas, lupas especiais são utilizadas durante todo o procedimento de colocação dos fios. Além disso, como os fios são bem lapidados, quase não fica pele ao redor, e eles ficam imperceptíveis, não se conseguindo notar diferença entre os fios transplantados e os fios originais remanescentes.

Desenho da Linha Anterior

O desenho da linha anterior

É a parte artística do processo e depende da percepção e senso artístico do cirurgião. O desenho depende do formato da face, e deve sempre seguir as proporções de simetria facial. Trata-se de grande responsabilidade escolher onde e como deverá ser colocado o cabelo.

Por isso, na primeira consulta realizamos um esboço a partir de onde será colocado o cabelo, e explicamos o motivo do posicionamento dos novos fios, uma vez que devemos aproveitar da melhor maneira possível os fios que são fornecidos pela área doadora do paciente.

Pós-operatório imediato

Ao final da Cirurgia de Transplante Capilar, a área transplantada é revisada e realiza-se a limpeza da área com solução fisiológica. Não utilizamos curativo e ou bandagens. Realizamos um reforço da anestesia que dura 12 horas, de modo que a maioria absoluta dos pacientes não sente dor no 1º dia pós-operatório. A seguir o paciente será encaminhado para recuperação, onde se alimentará com dieta leve (um lanchinho ou uma sopa).

Permanecerá no hospital até passar o efeito da sedação, recebendo alta médica na sequência. No dia seguinte o paciente irá até clínica para lavar os cabelos e receber as orientações pós-operatórias. Prescrevemos ainda anti-inflamatórios durante os primeiros 05 dias para realizar a prevenção da dor, garantindo que o paciente nem comece a sentir qualquer desconforto. Todo o acompanhamento do pós-operatório(orientações, consultas e avaliações fotográficas) é realizado por um ano após a cirurgia pela Dra. Leila Bloch e equipe de enfermagem.

Todo o pós-operatório, um acompanhamento que inclui lavagens, tratamento com LED (luz emitida por diodo), um LASER de baixa potência, com cerca de 15 visitas a clínica, está incluído no valor da cirurgia.

Massagem Pré-operatória

Quanto maior a elasticidade, maior a largura da faixa que será retirada na cirurgia e consequentemente maior o número de fios que será retirado e posteriormente transplantado.

Alguns pacientes, constitucionalmente ou por terem realizado cirurgia prévia, não apresentam tanta elasticidade na região posterior (occipital) do couro cabeludo. Como o nosso objetivo é colocar sempre o maior número possível de fios por sessão, nesses casos é orientada a realização de massagens pré-operatórias nessa região por um mês. O paciente é orientado a realiza-las em casa, e algumas sessões podem ser feitas sob a orientação da nossa equipe de enfermagem.

Newsletter

Receba novidades e atualizações da Clínica Bloch:

ISHRS
North American Hair Research
Associação Brasileira de Cirurgia da Restauração Capilar
Universidade de São Paulo
Dermatologia USP
Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica
Sociedade Brasileira de Dermatologia
Voltar para o topo